top of page

Ninguém deseja fazer parte!


đŸ‘źâ€â™‚ïžđŸšš Coronel recusa cargo no MinistĂ©rio da Justiça no mesmo dia em que Bolsonaro indulta agentes do Carandiru



O coronel Nivaldo César Restivo decidiu recusar o convite para assumir a Secretaria Nacional de Políticas Penais do governo Luiz Inåcio Lula da Silva (PT). Convidado pelo ministro da Justiça, Flåvio Dino (PSB), para o cargo, Restivo foi alvo de críticas de apoiadores de Lula por envolvimento no Massacre do Carandiru.



Em nota, o coronel alegou "questÔes familiares e de natureza pessoal" para abrir mão da indicação, conforme informou o Metrópoles. O militar cumpre função como secretårio da Administração Penitenciåria de São Paulo.



A recusa de Restivo acontece no mesmo dia em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou indulto natalino que beneficia policiais militares condenados pela morte de 111 pessoas durante o massacre, em 1992.



© Foto: Marcelo Chello/SSP

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page